sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Irritada!!!

Mais de 3 meses depois, uma cirurgia de redução de estômago adiada pra Deus sabe quando, mesmo estágio com as mesmas dores de cabeça, 2 remédios pra pressão alta, mais uma tentativa de dieta, ainda nenhum exercício físico, 2 blogs deletados, uma internet bem melhor que antes - agora posso baixar minhas séries favoritas muuuito mais rápido (ieeeiii!!!), parabólica (não, ainda não é a cabo) na tv da mamãe e do meu irmão (menos na minha), melancolia de final de ano, devagar e sempre com o curso de jornalismo... acho que resumindo bem rápido foi isso! Resolvi voltar com pra cá, blog, pensamentos e tudo mais, ainda com a incerteza da frequência, até por quê só pra escrever esse retorno foi quase uma semana de ensaio (rsrs).

Esses dias tenho assistido Irritando Fernanda Young no youtube (ainda não tenho tv a cabo, já falei e isso me irrita!), e isso me levou a elencar (credo... detesto essa palavra), sequenciar coisas que me irritam. Pois bem, são elas (algumas, ok?!):

* Comentário do tipo: "Ow... mas vc tem um rosto tããão lindo!" (com a cabeça inclinada pro lado e voz de pena, como se vc fosse aleijada, doente terminal, sei lá o quê);
* A mania da minha mãe de querer advinhar o final da história, fazendo interrupções, quando a gente mal passou do era uma vez...
* Não poder dormir quando tenho sono (desde criança);
* Ser acordada por alguém pouco antes do meu despertador tocar (já tava tão perto, são minutos de sono que não se recupera mais e as pessoas não entendem!);
* O "Ãh?!" (qd não ouve uma coisa, ou não entende, ou por mania mesmo) da secretária lá de casa;
* O Programa da Luciana Gimenez (não sei a duração daquilo, mas a sensação é de eternidade);
* Quadros em certos programas, com participação popular, que dão prêmios e fazem um suspense de encher o saco (tipo O que tem na caixa na Crhis?, programa Hoje em Dia, Record);
* Dividir o pc com meu irmão e os milhões de trabalhos do curso dele, ou os jogos irritantes;
* Trânsito com chuva;
* Motoqueiros querendo entrar no céu à força (ô raça!!!);
* Motoristas que vão passando na sua frente como se estivessem protegidos por uma capa de invisibilidade (alôw!);
* Perguntarem sobre "as minhas coisas"! São MINHAS, owra pôrra! Que saco! Eu sou possessiva e egoísta, são MINHAS e pronto! Quando eu quiser dividir...
* Pessoas levantando teu braço na balada tentando te animar, fazendo você parecer uma retardada... (especial pra Rafa: prima, a gente se entende!)

Um comentário:

Jota Pê_The disse...

Não é um blogue tão comum não esse teu...!

=-/

Eu te adoro Milena, vc é muita sincera e nítida em tudo que fazes!!!
Abraço do JotaPê